Cientistas criam células solares…

Cientistas criam células solares finíssimas que poderão alimentar smartphones.
 
Células são fabricadas dentro de um substrato flexível que tem apenas 1 micromêtro de espessura

Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram células solares tão finas, que elas podem facilmente ser dobradas ao redor de um lápis. As células, que foram anunciadas nessa segunda-feira (20), poderiam ajudar a inaugurar o uso da energia solar em dispositivos portáteis onde o espaço é limitado. 

As células são fabricadas dentro de um substrato flexível que tem apenas 1 micromêtro de espessura – cerca de um quarto da espessura de outras células solares finas e centenas de vezes mais fina que as células convencionais. Para comparação, um fio de cabelo humano, tem cerca de 100 micromêtros.

A equipe do Gwangju Institute of Science and Technology da Coreia do Sul conseguiu reduzir a espessura ao anexar diretamente as células para o substrato sem usar um adesivo. 

Eles foram estampados sobre o substrato e depois soldados, um processo que se liga a dois materiais juntos por meio de pressão e não calor.

Os cientistas testaram as células e descobriram que eles conseguiram dobrar quase metade ao redor de um raio tão pequeno quanto 1,4 mm.

Um artigo descrevendo o trabalho foi publicado nessa segunda-feira no Applied Physics Letters, um jornal científico da American Institute of Physics.

Células solares são comumente usadas como fontes de energia em diversos tipos de eletrônicos maiores, mas seu uso em itens voltados para clientes finais, como gadgets e até mesmo carros, tem sido limitado.

Isso em parte acontece devido a pequena área disponível pra colocar a quantidade de células e o fato que tais produtos contam com superfícies curvas. Os novos painéis solares poderiam superar tais limitações.  

Fonte: idgnow

Visualizações: 100342